Viajando sem filhos e sem culpa!

Olá @ntenadas!

Hoje falaremos de um assunto que divide muitas mamães e papais: viajar sem os filhos! A antenada Karol contará um pouquinho de suas experiências viajando sem a Isabella e como conseguir curtir sem que a danada da culpa (aquela que nasce quando nasce uma mãe heheheh). Mas a verdade é que viajar sem os filhos é uma oportunidade de rever os laços do relacionamento e faz um bem enorme.

24846867

Oi gente, já conversamos aqui no blog sobre viajar COM filhos, e todos sabem como nós amamos levar a Isabella em tudo, a pequena já é bem viajada e esses momentos com ela são maravilhosos. Ver cada nova descoberta, cada nova conquista não tem preço que se pague. Mas é preciso estimular o encontro com o parceiro e, assim, aprender a integrar a união do casal à maternidade/paternidade.

Já viajamos algumas vezes sem a Isabella, a maioria delas à trabalho, e agora recentemente tiramos uns dias off em Jericoacoara para investir em um tempo à dois, daquelas viagens sem hora para almoçar, esticar o jantar para tomar um vinho sem pressa, fazer algum passeio mais demorado ou simplesmente passar o dia em uma espreguiçadeira à beira-mar. Depois de algumas viagens a gente acaba percebendo o quanto isso faz bem também para os nossos filhos, ver os laços que a Isabella criou com os avós é muito gratificante e, que, apesar da saudade apertar, nós também precisamos ter momentos nossos, para relaxar, repensar e principalmente, ter fôlego e ânimo para seguir em frente na parte trabalhosa da maternidade.

IMG_9563_Facetune_09-02-2020-11-23-24

Alguns motivos para você se permitir fazer uma viagem à dois:
– Manter a chama do casal acesa: o casamento também precisa de cuidado diário e quando os filhos chegam é complicado se adaptar a nova rotina e ainda cuidar do relacionamento. Estes momentos à dois nos fazem lembrar de não abandonar nossos papéis de marido e mulher.
– Desenvolvimento emocional e cognitivo da criança: saber que os pais cuidam do relacionamento e se dão bem (sim, viagens a dois melhoram a relação) será exemplo para as crianças no futuro.
– Ajuda no relacionamento da criança com outras pessoas: esse estímulo para estreitar o relacionamento com familiares e/ou amigos (dependendo da sua rede de apoio) quando os pais estão fora é importante para o seu filho desenvolver autonomia, relacionamento interpessoal e aceitação de que os pais não estarão presentes o tempo todo.

Apesar de todos os benefícios que alguns dias longe das crianças podem trazer, essa decisão é apenas sua! A realidade é que pais e mães estão sempre sobrecarregados, estressados e exaustos. É natural que deixem de se olhar como antes da chegada dos filhos. Por isso, preservar os momentos a dois na rotina e planejar uma viagem juntos é uma forma de treinamento para recuperar a troca de olhares, as conversas sobre qualquer assunto, exceto filhos, e o amor que gerou aquela família.

Untitled-design-18

Bora planejar aquela viagem à dois que estava engavetada aí?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *